O meu telefone caiu à água. O que devo fazer? Leave a comment

Com as idas à praia, à piscina e a locais onde abunda a água, é fácil um smartphone cair à água e deixar de funcionar. Se isto lhe aconteceu, primeiro saiba que não o deve ligar e muito menos o deve carregar.

Não pense que está tudo perdido, pois há algumas “manobras de sobrevivência” que pode tentar fazer para trazer à vida o seu smartphone. Vamos saber o que fazer se o telemóvel ficar encharcado.

Todos os dias há smartphones que se afogam. A verdade é que,  com o tempo de férias,  nas piscinas, no mar, ou no rio (já para não falar no WC) existem casos de afogamento dos dispositivos de comunicação e quando não se actua de imediato… o smartphone torna-se num pisa-papeis.

Quando o seu smartphone cair dentro de água, use os seguintes métodos para o tentar salvar.

Telefone caiu à água, o Arroz ajuda?

Mito ou não, a verdade é que este método tem passado de boca em boca já há muitos anos. Todos conhecemos as capacidades de absorção do arroz e isso poderá ser uma ajuda quando não existe água dentro do smartphone.

pplware_smartphone_arroz

Um dos primeiros a ter esta ideia foi um jornalista do The Washington Post que, por acidente, deixou cair o seu Blackberry no vaso sanitário e conseguiu, com o método do arroz, recuperar o seu telemóvel seco e a funcionar. O jornalista limpou bem por fora a água, tentou que alguma água do interior também saísse e depois deixou que as capacidades de absorção do arroz fizessem o resto.

A verdade é que, desde essa altura, muito se escreveu sobre o assunto e há agora a ideia que se deixar o seu smartphone durante 48 horas dentro de um recipiente com arroz cru, ele irá remover toda a água do smartphone.

 

Ter um Kit de Resgate de Aguá pode ser a solução…

Estes Kits dão 80% de resgate imediato para smartphones que foram molhados.

Graças a uma fórmula concentrada desenvolvida na Alemanha, a humidade será absorvida. Por uma fracção do custo de  um novo telefone, você pode resgatar qualquer equipamento electrónico molhados para alem do smarphone desde que não ultrapasse as seguintes dimenções: 170 x 135 x 30 mm.

poderá aqeduiri-los na loja fisica da Inove, na Rua Serpa Pinto nº 18, 2040-249 Rio Maior ou na Loja on-line no link:

Resultado de imagem para comprar agora

Mas então o que se deve fazer?

1. Remover da água. Quanto mais tempo o seu smartphone estiver dentro de água mais catastróficas serão as falhas no seu interior. Tenha cuidado para não correr risco ao recuperar. Há pessoas que não medem os perigos quando deixam cair o smartphone em zonas perigosas e dão mais valor ao objecto que à sua vida.

2. Desligue o smartphone. Se o retirar ainda ligado, desligue-o de imediato. Irá evitar que os circuitos internos entrem em curto-circuito.

3. Abra caminho. A água consegue encher rapidamente o seu smartphone. Crie caminhos para a água sair também de forma rápida e desobstruída.

  • Remova a bateria (se possível)
  • Remova os auscultadores se estiverem ligados
  • Remova o cartão SIM
  • Remova o cartão de memória

3.1 [OPCIONAL] Lave o smartphone. Esta dica é sempre subjectiva mas tem razão de ser se o seu smartphone tiver caído em água salgada, em água barrenta ou em qualquer outro líquido que não água limpa. Os resíduos podem contaminar as placas e os componentes e mesmo que a água seja retirada o lixo poderá danificar as partes eléctricas. Não se preocupe que ao lavar apenas irá substituir a água do interior por uma outra limpa, não estará a piorar, apenas irá limpar.

4.1 Coloque o Smartphone no Kit de Resgate de Agua. Feche o pacote e aguarde entre 24 a 48 horas. este pacote tem umas esferas que apresentam uma cor amarela quando coloca o seu equipamento, depois da sua secagem estes terão de ter mudado para a cor verde é sinal que absorveram agua.  Este kit funciona melhor quanto maior a rapidez após a queda da agua, se já caiu a uns dias este kit não vai ajudar, convém ter um kit por perto,

caso não tenha este kit siga para o passo seguinte (4.2), caso o Utilize o Kit siga para o passo 7.

4.2 – Seque o smartphone. Force o máximo de água a sair.  Abane-o, agitado e, caso consiga, utilize algo que sopre ar para o interior, isso irá rapidamente remover o máximo de água possível (cuidado em usar secadores de cabelo, estes devem ser com ar frio para não danificar, com o calor, os componentes). O tempo joga contra si.

5. Abra o smartphone. A melhor forma de salvar o seu smartphone é abrir as caixas para que a água saia ou evapore. Claro que não é simples nem está ao alcance de qualquer pessoa, mas se quiser aventurar-se a abrir o smartphone

NOTA: Não se preocupe com a garantia, depois dele se ter afogado a garantia passa estar anulada e as empresas sabem como verificar se a avaria foi por afogamento ou não.

6. Seque o interior do smartphone. Quando abrir o smartphone irá verificar que ainda estará tudo húmido e quanto mais rápido for o processo de limpeza e secagem, menor será o dano. Veja algumas técnicas para ajudar a secar:

  • Coloque o smartphone numa área bastante arejada para o ar correr sobre os componentes e fazer evaporar a água. O ar mais seco do exterior é uma óptima opção para ajudar a secar o interior exposto. Use uma ventoinha, por exemplo.
  • Aqueça o smartphone ligeiramente. Aumentando as temperatura dos componentes até cerca de 37ºC, a água será rapidamente evaporada. Cuidado, não exagere no aquecimento.
  • Absorva a água com cristais de sílica. Embora seja mais lento, sempre ajuda a remover a humidade de sítios onde não conseguirá com outra técnica. Mesmo havendo quem vá contra, o arroz também poderá ajudar (mas muito mais lento).

7. Resista à ânsia de o ligar. Dê tempo ao smartphone para este secar, dê vários dias e não caia na ânsia de o ligar e provocar danos eléctricos por curto-circuito. Poderá, passados vários dias, ainda ter água, mas se executar o plano aqui traçado, a água acabará por desaparecer e só depois deverá colocar a bateria e dar energia.

8. Teste o smartphone. Depois de esperar vários dias e depois de voltar a montar os componentes do smartphone, está na hora de o testar, se depois de colocar a bateria ele não ligar, faça o seguinte:

  • Carregue-o: Algumas horas de carga poderão fazer voltar o smartphone à vida.
  • Sincronize-o: No caso dos iPhones e/ou Android, quando estes parecem estar “mortos”, se os utilizadores os sincronizarem com o iTunes ou Google Drive,  eles podem deixar ter acesso aos dados.  Se o dano for no ecrã, não conseguirá ver se ele estará a funcionar (poderá de ter de ser substituído na Inove, mas a memória (armazenamento) do iPhone e/ou Android poderá estar a funcionar e assim recupera os dados.
  • Troque de bateria: Há casos que a bateria depois do smartphone cair á água, deixa de funcionar. Trocando a bateria poderá fazer o smartphone voltar à vida (sim, o problema maior foi na bateria). A Inove dispoem de varias baterias para todos os modelos basta saber qual o seu equipamento

Caso tenham feito estes passos e nada se resolveu, contacte a Inove pois pode ainda existir solução! mas rápido lembre-se que estará sempre a lutar contra o tempo. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *